Blefaroplastia

BLEFAROPLASTIA



Definição

- É a cirurgia plástica das pálpebras (superior e inferior).


Objetivos

- Corrigir deformidades nas pálpebras em decorrência do envelhecimento, traumas ou alterações congênitas.


Noções do procedimento

- O corte cirúrgico geralmente se localiza na parte anterior (na pele da pálpebra). As correções das estruturas das pálpebras, com frequência, são feitas não só na pele, como também na camada muscular, ou mesmo, em camadas mais profundas. De uma forma ampla, a cirurgia visa restabelecer uma harmonia com a face. Resgata de forma natural um rejuvenescimento. Procura amenizar um ar de cansaço do rosto. É prudente informar, que ao invés de um procedimento simples, como muitas vezes, citado na mídia, a cirurgia das pálpebras tem grande importância para o contexto da expressão da face. Afirmo até, que em várias pacientes o impacto que uma cirurgia das pálpebras pode determinar na beleza de um rosto supera a região tratada, dando a impressão que todo o rosto está mais belo. Não raramente, é a primeira etapa para o rejuvenescimento da face, as demais regiões da face, tratadas pela ritidoplastia (ver outro ítem) permaneceriam para uma segunda etapa, resguardando um ar mais natural para a fisionomia, sem gerar conflitos de identidade.


Anestesia

- Local com sedação.


Cuidados pós-operatórios

- Curativos com pomadas oftálmicas, compressas frias, evitando-se o calor e o sol. Uso de óculos escuros. Eventualmente, uso de alguns colírios conforme indicação médica.


Tempo de recuperação

- Na primeira semana as pálpebras permanecem mais inchadas e sensíveis. Na segunda semana o inchaço reduz mais rapidamente e permanecem apenas algumas equimoses que vão esmaecendo na semana seguinte.